Histórico do Programa


O Programa de Pós-Graduação em Educação Escolar, Mestrado e Doutorado Profissional (PPGEE/Prof), do Núcleo de Ciências Humanas (NCH), do Departamento de Ciências da Educação (DED), da Universidade Federal de Rondônia (UNIR) é um Programa de Pós-Graduação stricto sensu recomendado pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES), órgão ligado ao Ministério da Educação (MEC), que regula os programas brasileiros de mestrado e de doutorado.

2013 - Início do Programa de Pós-Graduação em Educação Escolar - Mestrado Profissional

No âmbito da UNIR, considerando que a modalidade profissional só era autorizada para mestrados, o PPGEE foi criado pela Resolução 232/CONSEA/UNIR, de 30 de abril de 2010, que aprovou o projeto do Curso de Mestrado. A recomendação do Curso de Mestrado pela CAPES veio em 01 de Março de 2013 . O parecer da CAPES descreve que “[...] a proposta se encontra bem qualificada em todos os itens”.

A proposta aprovada pela CAPES foi fruto do trabalho de professores participantes do Grupo de Pesquisa EDUCA (Grupo de pesquisa multidisciplinar em educação) lotados no DECED, que foram, em 2012, designados para elaborar uma nova proposta, a partir das propostas anteriores, e submetê-la no Aplicativo de Cursos Novos (APCN) da CAPES. O Grupo EDUCA (Grupo de pesquisa multidisciplinar em educação e Infância) foi o principal grupo de pesquisa de sustentação do PPGEE. Com a incorporação de novos pesquisadores, hoje temos vários outros grupos de pesquisas que dão sustentação às pesquisas do Programa.

O curso de mestrado foi aprovado para oferecer 30 vagas anuais, está organizado em módulos e é integralizado com o cumprimento de 22 créditos, a serem cumpridos em 24 meses. O Mestrado qualifica seus egressos em grau de Mestre em Educação Escolar.

O Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) a ser defendido para obtenção do Título de Mestre em Educação Escolar pode assumir mais de uma forma de apresentação, a critério do mestrando, sob orientação do professor-orientador. Os TCC podem apresentar o produto do trabalho e seu relatório na forma de: Dissertação; Material didático e instrucional por diferentes mídias; Software educativo - relatado e documentado; Relatório de desenvolvimento e aplicação de projeto inovador de intervenção escolar ou Relatório de concepção de processos e técnicas educacionais. Os TCC devem ser elaborados conforme as Normas Técnicas para cada forma de produto e apresentação e defendidos em banca composta por três professores, sendo: o (a) orientador (a), um membro interno (professor do Programa) e um membro externo (Professor de outro Programa ou IES).

O Curso de Mestrado em Educação Escolar tem como ponto de partida e, ao mesmo tempo, ponto de chegada as práticas pedagógicas vividas pelo mestrando-docente, porém ressignificadas pelos fundamentos teóricos, de tal forma que as práticas, transformadas dialeticamente por reflexão e crítica, já não serão as mesmas ao final do percurso, mas, a síntese de um processo analítico, que dará o suporte para uma práxis inovadora aos futuros mestres-profissionais em seu ambiente escolar e social.

Pelas características de autofinanciamento dos programas profissionais, o acesso ao PPGEE, e portanto ao Curso de Mestrado, se fez e se faz por meio de turmas selecionadas mediante parcerias celebradas por organização pública e/ou privada com a Universidade Federal de Rondônia. Em 2013 a parceria foi estabelecida entre o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Rondônia (IFRO) e Universidade Federal de Rondônia (UNIR), por meio do Termo de Cooperação Técnico-Científica 008/IFRO/2013, para a oferta de 30 vagas, sendo 25 para os servidores do IFRO e cinco (05) vagas universais.

 


<<
Setembro 2019
>>
DoSeTeQuQuSe
1234567
891011121314
1516171819
20
21
22232425262728
2930     


    Sem imagens.